A Dama das Camélias

Armand Duval, filho de uma das famílias mais tradicionais da sociedade francesa do século XIX, se apaixona por Marguerite Gautier, uma badalada cortesã da época. A moral burguesa, no entanto, se interpõe entre eles, impedindo-os de viver um amor desinteressado, puro e verdadeiro. O autor aborda o tema da reabilitação da queda moral, típico do romantismo, ao mesmo tempo que realista, descreve os costumes de uma época.


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Yara

Voltei